Chatbots: 6 cases de sucesso do robô virtual

Os chatbots, também conhecidos como robôs virtuais, estão entre as principais tendências de marketing para os próximos anos. Várias empresas, de diferentes segmentos, estão investindo nessa tecnologia para reduzir custos e otimizar o atendimento ao cliente.

E isso não acontece por acaso. 4 entre 10 pessoas preferem se comunicar com as empresas por meio de mensagens de texto. Além disso, uma recente pesquisa mostrou que 70% das pessoas estão dispostas a interagir com as empresas via WhatsApp ou Facebook Messenger.

Diante desses dados, fica fácil entender a razão pela qual várias empresas adotam essa tecnologia. E você, quer saber como elas fazem isso? Confira neste post 6 empresas que utilizaram essa tecnologia com sucesso. Vamos lá!

1. Uber

O Uber é uma empresa jovem que, pelo uso da tecnologia, revolucionou o transporte em todo o mundo. Não por acaso, o Uber também foi uma das primeiras empresas do mundo a utilizar um robô virtual de maneira inovadora, indo além da comunicação com os clientes.

Por meio de uma integração com o Facebook Messenger, o robô virtual do Uber permite que o usuário entre em contato com um amigo para que vocês peguem o mesmo carro. E isso sem exigir que o usuário abra o aplicativo da empresa.

Além de pedir um carro diretamente pelo Facebook Messenger, o robô virtual do Uber mantém os usuários cientes da localização do veículo usando a própria ferramenta.

Essa funcionalidade está disponível nos Estados Unidos desde 2015 e, aos poucos, está sendo implementada em outros países onde a empresa está presente. Veja um vídeo que demonstra o uso desse chatbot.

2. American Express

A American Express é uma das instituições financeiras mais sólidas e tradicionais de todo o mundo. E foi ela uma das primeiras empresas do seu ramo de atuação a oferecer um serviço de atendimento personalizado por meio de um robô virtual.

A empresa desenvolveu um robô que faz mais do que facilitar o atendimento ao cliente. O chatbot do American Express utiliza o histórico de compras para oferecer dicas personalizadas, o que aumenta o engajamento dos clientes com a marca.

Ele funciona da seguinte forma: caso o cliente compre um produto — como uma passagem aérea para São Paulo — o robô virtual envia sugestões de hotéis, restaurantes e opções de lazer na cidade de destino do cliente. 

Uma funcionalidade muito útil para o consumidor, que complementa o serviço oferecido pela organização. Com esse recurso simples, o cliente se sente mais valorizado, e isso aumenta o valor da marca.

3. Pizza Hut

Outra empresa que conseguiu uma experiência positiva com os chatbots foi a Pizza Hut. Com o objetivo de criar novos canais de atendimento e aumentar os pedidos, ela desenvolveu um chatbot que permite a realização de pedidos via mensagem direta no Twitter ou pelo Facebook Messenger.

Outra funcionalidade interessante desse robô virtual é que ele acessa o histórico de pedidos do cliente, e isso permite que ele ofereça promoções personalizadas, que atendam aos interesses de cada um.

Sem precisar baixar qualquer aplicativo, o chatbot oferece maior comodidade aos clientes e, consequentemente, aumenta o número de pedidos da empresa. Além disso, essa ferramenta agrega valor aos perfis nas redes sociais da pizzaria.

Mas, apesar de ser uma funcionalidade muito interessante, essa ainda não está disponível no Brasil.

4. Casas Bahia

Quem pensa que só as empresas americanas estão utilizando um robô virtual está completamente enganado. A Casas Bahia, uma das maiores varejistas do país, também está colhendo bons resultados com os chatbots.

A primeira experiência da empresa com os chatbots ocorreu durante a Black Friday de 2016. Chamado de “Bahianinho”, o robô virtual das Casas Bahia tinha o objetivo de oferecer ofertas da Black Friday de acordo com as categorias preferidas dos clientes, por meio do Facebook Messenger.

Durante a primeira fase de uso desse robô virtual, o usuário poderia definir categorias de interesse e receber, de forma automática, as promoções mais indicadas para cada um, o que facilitava o processo de compras.

A experiência foi tão positiva que a empresa incluiu novas funcionalidades para o robô virtual. Além de oferecer promoções personalizadas, a nova versão permitiu que o usuário configurasse a frequência com que gostaria de receber notificações.

Além disso, o usuário pode usar o chatbot para pedir mais informações sobre a empresa, consultando até mesmo as oportunidades de empregos disponíveis. Não é incrível?

E se tudo isso ainda não convenceu você das vantagens do chatbot, dá só uma olhada nos resultados: mais de 180 mil pessoas conversaram com o bot no dia do lançamento da segunda versão. No decorrer da semana, mais de 260 mil usuários utilizaram as funcionalidades do robô virtual, um número 5 vezes maior que no ano anterior. 

5. Duolingo

O Duolingo é uma plataforma que revolucionou o ensino de idiomas em todo o mundo. Por meio de exercícios simples e uma metodologia de ensino que se aproxima de um jogo eletrônico, a empresa oferece um serviço que é adorado (e odiado) por usuários de todo o mundo.

Em meio às críticas do serviço, a mais comum é a de que o Duolingo não oferece opções para que o usuário coloque em prática o que apendeu, o que torna o aprendizado incompleto.

Foi pensando em solucionar esse problema que o Duolingo investiu na criação de um robô de conversação, que permite aos alunos colocarem em prática o que aprenderam de forma rápida e fácil.

Além de responder às perguntas do usuário, o chatbot do Duolingo faz correções e apresenta opções de resposta para cada situação. Outra vantagem é que o chatbot do Duolingo ajuda a reduzir a ansiedade dos alunos, principalmente daqueles que têm medo de errar na frente de outras pessoas.

Em sua versão atual, os alunos interagem apenas através de texto, mas o Duolingo promete uma atualização que permitirá conversas por voz.

Se você ficou interessado em testar a ferramenta, vale a pena lembrar que, assim como os outros chatbots que citamos neste post, o chatbot do Duolingo ainda não está disponível no Brasil. Apenas os cursos de francês, espanhol e italiano para falantes de inglês contam com a ferramenta. Além disso, o aplicativo está disponível apenas para iOS.

6. Ebay

Outra empresa popular que está investindo no desenvolvimento de chatbots é o Ebay. Com o objetivo de ajudar os clientes a encontrarem os produtos que lhe interessem entre os milhares de itens em seu portfólio, a empresa desenvolveu o ShopBot.

O ShopBot utiliza a plataforma do Facebook Messenger e permite que os usuários façam buscas rápidas pelo portfólio de produtos da empresa. O usuário também pode configurar alertas para receber indicações de produtos de seu interesse se precisar visitar a loja.

Outra característica interessante do ShopBot é que ele pode aprender com as escolhas feitas pelo usuário. Assim ele oferece para o cliente produtos que possam ser do seu interesse, mesmo que ele não solicite à plataforma. Essa característica pode ajudar a aumentar as vendas e os lucros da empresa.

Agora você conhece como o robô virtual revolucionou o resultado dessas 6 empresas e está impactando na relação entre elas e seus clientes. E então, gostou desse artigo? Compartilhe-o com seus amigos em suas redes sociais, assim eles também ficarão informados sobre as vantagens dessa incrível ferramenta!

Deixe um comentário

Share This